Notícia


Com passagens pela Seleção sub-20, Rodrigo quer se destacar no Cancão


Dentre os quatro reforços que chegaram ontem a Juazeiro, um deles tem uma ligação a mais com a cidade. Nascido e criado na terra das carrancas, o lateral-direito Rodrigo Ramos começou na base do Juazeiro antes de ir para a base do Coritiba e virar profissional no clube paranaense.

Aos 23 anos, Rodrigo, uma das apostas do Cancão para a disputa da Série D do Brasileiro, terá a primeira oportunidade de atuar profissionalmente em sua casa. "Essa oportunidade representa muito para mim. Sou cria aqui de Juazeiro, como Daniel Alves, Petros. Espero crescer muito aqui na Juazeirense", explica o jogador. 

Apesar da pouca idade, Rodrigo acumula uma certa rodagem no futebol. O lateral subiu para o time profissional do Coritiba em 2015. No ano seguinte, foi emprestado ao Maringá e ao Chicago Fire, dos Estados Unidos. Voltou ao time paranaense em 2017. Em 2015, viveu a sua melhor fase ao ser convocado para a Seleção Brasileira sub-20. "O técnico do Coritiba era Marquinhos Santos, que disse que tu tinha potencial e acabei convocado. Joguei um torneio amistoso na Áustria e depois o Mundial na Nova Zelândia", conta. 

O foco agora é ajudar o Cancão a buscar o acesso à Série C do Brasileiro. A equipe estreia na competição nacional será no dia 04 ou 05 de maio. A CBF ainda não confirmou a tabela definitiva. Até lá, Rodrigo espera fazer uma forte intertemporada com os companheiros e ajudar o Cancão em campo. "É pensar no grupo, se dedicar e a gente vai se destacando naturalmente. Espero fazer um grande campeonato nesta Série D", finaliza.