Notícia


Cancão busca em Patrocínio a primeira vitória como visitante em 2019


“A gente frisou muito durante a semana que quando vamos para vencer, ficamos próximo do empate. E quando jogamos pra empatar, ficamos próximo da derrota”, comenta o zagueiro Emílio, de olho na vitória diante do Patrocinense, domingo (23), às 16h, em Patrocínio. Apesar do empate servir para a classificação, o Cancão quer a vitória para quebrar o tabu de ainda não ter vencido como visitante na atual temporada.

Até aqui foram oito jogos, com cinco derrotas e três empates: um aproveitamento de 12%. Estatística que não tira a confiança da equipe, que trata a partida como uma final para seguir firme em busca do acesso à Série C. “Nos jogos fora de casa a gente acaba criando boas oportunidades, mas tem pecado um pouco na finalização. Acredito que a vitória domingo vai passar pelo equilíbrio da equipe e por colocar a bola pra dentro lá na frente”, frisa o zagueirão da Juazeirense, presente em todos os sete jogos da equipe até aqui na Série D. 

Ataque que terá não só um jogador importante, mas também um bom informante. “Tem um ponto bom, que é o Toni Galego. Ele conhece a forma do time jogar dentro de casa e sem dúvidas isso vai nos ajudar bastante”, acrescenta Emílio – Toni atuou na equipe mineira durante o estadual deste ano. O único desfalque do Cancão para a partida é o volante Iran, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ainda sem definição, a equipe faz um último treino neste sábado à tarde na cidade de Patrocínio.