Notícias

Cancão é superado pelo Remo no Mangueirão por 3x0 em Belém-PA


A Juazeirense teve uma noite infeliz no Mangueirão, em Belém, no Pará. A equipe baiana não conseguiu impor o seu ritmo de jogo e acabou derrotada pelo Remo, por 3x0, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com o resultado adverso, o Cancão estacionou na nona colocação e vai buscar a reabilitação na próxima rodada, quando enfrenta o Globo, domingo (08), no Rio Grande do Norte.

Para tentar vencer a primeira fora de casa na competição, o técnico Aílton Silva escalou o meio de campo do Cancão com Cascata e Juninho Tardelli. Na frente, a dupla de ataque continuou formada por Toni Galego e Victor Sapo. O problema é que a equipe não conseguiu frear o ímpeto do Remo que pressionou desde o primeiro minuto de jogo.

Os donos da casa abriram o placar aos 15 minutos. Rodriguinho levantou da esquerda e Isac cabeceou encobrindo o goleiro Tigre. Apesar de sofrer o gol, o Cancão não se abateu e tentou responder de forma imediata. Victor Sapo recebeu uma bola enfiada e saiu na cara do goleiro Vinícius, que saiu bem da meta e jogou a bola para escanteio. 

Na bola parada, mais duas boas chances de empatar o jogo com Júnior Gaúcho e Toni Galego, mas os jogadores erraram o alvo. Aos poucos, o Cancão tomou conta da partida e o gol de empate parecia questão de tempo. O problema é que um erro defensivo mudou a história do jogo. Eron recuou para Tigre que tentou dar um chutão. O goleiro pegou mal na bola que sobrou pra Rodriguinho finalizar e ampliar o placar no Mangueirão.

No início do segundo tempo Waguinho quase descontou ao chutar dentro da área e ver o goleiro Vinícius fazer uma boa intervenção. O Remo resolveu o jogo ao marcar o terceiro após um bom contra-ataque. Isac foi lançado e só rolou para Gabriel Lima escorar para o fundo das redes e dar números finais à partida. 

 

FICHA TÉCNICA

REMO: Vinícius; Nininho, Romário, Moisés e Fernandes; Geandro (Vacaria), Leandro Brasília, Everton (Dudu), Rodriguinho e Ruan (Gabriel Lima); Isac.Técnico: João Neto.

JUAZEIRENSE: Tigre; Carlinhos, Júnior Gaúcho, Eron e Deca; Waguinho, Capone (Salatiel), Cascata (Levi) e Juninho Tardelli; Toni Galego (Jussimar) e Victor Sapo. Técnico: Aílton Silva.

 

ESTÁDIO: Mangueirão, em Belém-PA.

GOLS: Isac, aos 15 minutos e Rodriguinho, aos 41 do primeiro tempo; Gabriel Lima, aos 24 minutos do 2º tempo.

CARTÃO AMARELO: Moisés, Rodriguinho e Gabriel Lima (Remo); Eron, Júnior Gaúcho, Carlinhos, Jussimar e Waguinho (Juazeirense).