Notícias

Com golaço de Rayllan, Cancão vence a primeira na Série C


Fim do jejum. Com uma apresentação segura no Adauto, o Cancão bateu o Remo por 1x0, somou os primeiros três pontos na Série C e voltou a vencer após cinco jogos. Vitória  na estreia do técnico Ailton Silva garantida com um golaço de Rayllan. Com o resultado, o Cancão subiu pra sétima colocação do grupo A. A equipe volta a campo no próximo sábado, novamente em casa, diante do Globo-RN.

Assim como na estreia da Série C diante do Confiança, o Cancão pressionou desde o primeiro minuto. Com Toni Galego como centroavante e Patrik ao lado de Waguinho como novidades, a equipe dominou as ações e chegou algumas vezes com perigo ainda no primeiro tempo. A principal chance aconteceu com Juninho Tardeli, que acertou a trave num chute de fora da área.  

O gol que faltou antes do intervalo saiu logo no início do segundo. Logo aos dois minutos, Carlinhos subiu bem pela direita, cruzou e Rayllan fez uma pintura. Ajeitou o corpo e soltou um lindo sem-pulo para fazer um golaço, o primeiro do Cancão na história da Série C. O pequenino ainda teve uma chance logo em seguida, novamente após cruzamento de Carlinhos. Desta vez o camisa sete usou a cabeça e encobriu a meta do goleiro Vinícius.

Pouco depois, Rayllan sentiu e deu lugar a Bruno Matos. O destaque na sequência, porém, ficou por conta do goleiro Tigre, que fez uma grande defesa após finalização de Izac. O Cancão ainda teve chance de aumentar o placar com Emílio e Carlinhos, mas acabou desperdiçando.

 

FICHA TÉCNICA

Juazeirense: Tigre, Carlinhos, Emílio, Eron e Deca; Waguinho, Patrik (Capone), Jussimar (Nem) e Juninho Tardeli; Rayllan (Bruno Matos) e Toni Galego. Técnico: Ailton Silva

Remo: Vinícius, Gustavo (Levir), Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha; Dudu, Elielton (Jayme), Leandro Brasília, Felipe Marques e Everton (Adenilson); Izac.  Técnico: Givanildo Oliveira

Gol: Rayllan, aos dois minutos do 2º/t

Cartão amarelo: Waguinho

Cartão Vermelho: Bruno Maia (Remo)

Arbitragem: Adriano Milczvski (PR), auxiliado por Andre Luiz Severo (PR) e João Fabio Machado (PR)